Conquiste mais doadores com uma boa campanha de final de ano

campanha-de-final-de-ano

Você sabia que quase um terço da doação anual ocorre em dezembro? Pois é, de acordo com um levantamento realizado pela Network for Good, a tendência mundial de doações nos últimos dias do ano supera em até 15% quaisquer outras datas. Mas a corrida de fim de ano começa bem antes disso e para que você esteja preparado para as possibilidades dessa época, elencamos algumas dicas que vão contribuir com o seu desempenho.

Aproveitar a lista de verificação a seguir é uma forma de garantir que a sua equipe não perca nada e, inclusive, esteja um passo à frente da concorrência quando começar a campanha de fim de ano:

1. Crie abordagens envolventes

A chave para uma campanha de mobilização de recursos multicanal bem-sucedida é criar uma história coesa e cativante. Uma boa abordagem é essencial para gerar simpatia em seu possível colaborador e despertar o interesse dele para saber mais sobre a atividade que você está desenvolvendo e também para engajá-lo acerca dela.  

Pense em qual linguagem e conceitos trazer para que isso aconteça. Você pretende atingir o coração do seu doador do ponto de vista emocional? Ou talvez demonstrar alguns dos seus resultados para chamar a atenção dele de uma forma mais racional? Bem, em ambos os casos é necessário ter uma história por de trás do conceito.

Por exemplo, caso sua apresentação seja emocional, uma dica é contar sobre a realidade das pessoas ou situações beneficiadas por sua causa. De repente, escolha um personagem para trazer mais pessoalidade à situação e encantar o colaborador com a história dele: “A Maria gostaria de mais oportunidades para uma educação de qualidade e, com a sua contribuição, podemos oferecer a ela a realização deste sonho”.

Agora, se o seu objetivo se resume em resultados, foque em números. Quantas pessoas foram beneficiadas pelo projeto? Quantos % de novas oportunidades já foram oferecidas? Qual  a dimensão total de melhorias proporcionadas pela implantação das suas ações? Esse tipo de informação traz verdade para a sua causa e demonstra que o colaborador pode confiar em você.

2. Antes de pedir, mostre!

Após chamar a atenção para sua campanha e antes de pedir a contribuição dos novos colaboradores, mostre o que você pretende. Demonstre para eles que podem ter confiança na sua causa e exemplifique como os recursos doados serão aplicados. Se possível, traga exemplos de campanhas semelhantes, ou mesmo resultados anteriores que você já obteve. Torne palpável a realidade que você gostaria de alcançar, pois dessa forma você despertará o interesse dele para resultados, além de sonhos.

Por exemplo, se você estiver pedindo dinheiro para a compra de materiais escolares, conte quantas crianças terão acesso aos itens adquiridos. Se a ideia for arrecadar comida para moradores de rua, explique como será a ação e o número de indivíduos impactados. Caso a sua causa seja o resgate e cuidados com animais de rua, fale sobre a realidade desses bichinhos e como a retirada e tratamento deles contribui tanto para os animais quanto para as pessoas que trafegam pelos espaços em que eles estão abandonados.  

Outro ponto a ser trazido nesse passo é o resgate dos valores da sua instituição. As pessoas se sentem mais confortáveis para apoiarem causas que têm a ver com os valores e ideologias que elas acreditam. Deixe claro que seus objetivos são honestos, que você realiza uma boa administração e com uma missão importante. E para finalizar, demonstre sua capacidade de realizar ações duradouras e significativas à sociedade.  

3. Crie uma rotina de contato

Nunca deixe o medo do cansaço do doador impedi-lo de entrar em contato com eles. Embora seus colaboradores possam receber muitos pedidos para doações de final do ano, eles também – de certa forma – já estão preparados para esse processo, o que os torna mais susceptíveis a captarem sua mensagem.

Apelos fortes incluem um apelo direto à ação, um lembrete informativo da missão da sua organização, e são preenchidos com histórias de impacto da vida real para lembrar os doadores por que devem fazê-lo. Nesse momento a sua estratégia já estará em andamento, o que você precisa fazer é manter a atenção dele até a conversão da doação. Crie réguas de relacionamento e direcione suas mensagens conforme os retornos que obtiver dele. Por exemplo:

  1. Envie um email de apresentação, aquele que estará apresentando sua causa, conforme a abordagem que você definiu no item 1 deste artigo.
  2. Após fechar o relatório dos seus resultados, envie um email contando sobre eles para comprovar a eficácia das suas propostas.
  3. Converteu? Se sim, um email de agradecimento e uma mensagem carinhosa de final de ano, para manter a simpatia acesa e mostrar que você se importa. Mas, caso ainda não tenha convertido, tente mais algumas abordagens, como “Faça o Natal de alguém mais feliz”, ou “Aproveite o ano novo para iniciar uma nova vida”, essas tentativas alinhadas com as festividades de final de ano podem despertar o espírito natalino e contribuírem com seu propósito.
  4. Após a conversão, sempre agradeça. Mas caso não haja conversão nesse momento, envie uma mensagem de compreensão no sentido de: “Poxa, a gente entende que agora você não pode contribuir, mas caso queira transformar o mundo com a gente, continuaremos à disposição para acolhê-lo em nossa causa”. Dessa forma você mantém as portas abertas para futuras campanhas.

4. Torne pessoal e demonstre gratidão

Além de demonstrar sua gratidão aos doadores com uma bela mensagem de final de ano, você pode estreitar ainda mais os laços para torná-los embaixadores da sua causa. Que tal organizar um evento para unir os colaboradores com os beneficiados pela causa? Assim, além dos relatórios que você apresenta, eles terão contato pessoal com a situação e poderão descobrir novos motivos para contribuírem e chamar outras pessoas para contribuírem também.

Crie sua própria lista

Cada causa tem suas perspectivas e possibilidades conforme a realidade em que estão inseridas. Mas, uma dica que vale para todas é: faça sua lista de objetivos para o final de ano. Aproveite as dicas que demos e vislumbre como cada uma delas pode ser inserida no dia a dia da sua organização. Com um bom checklist preparado, não existe outro resultado para o seu fechamento de ano que não seja o sucesso.