Você sabe o que é Agenda 2030?

Crédito: Christiano Antonucci/Secom-MT
Crédito: Christiano Antonucci Secom-MT/Fotos Públicas

O ano era 2015. Em Nova York, líderes globais encontravam-se na Cúpula das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, evento que antecedeu a 70ª Assembleia Geral da ONU. Na ocasião, chefes de Estado de todo o mundo oficializaram uma nova agenda de desenvolvimento sustentável, cujas pautas tinham como missão um planeta mais digno e igualitário em 15 anos.

Com a assinatura do documento “Transformando o Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”, os países – incluindo o Brasil – comprometeram-se a tomar medidas inadiáveis e transformadoras para proporcionar o desenvolvimento sustentável de todas as nações.

Segundo a ONU, a Agenda 2030 é um plano de ação para as pessoas, o planeta e a prosperidade, que busca fortalecer a paz universal. O plano indica 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, os ODS, e 169 metas, para erradicar a pobreza e promover vida digna para todos, dentro dos limites do planeta. É um guia para as ações da comunidade internacional nos próximos anos, com o intuito de redirecionar o mundo em um caminho mais sustentável e resiliente até 2030.

São metas e objetivos claros: a ideia é que todos os países os adotem de acordo com suas próprias prioridades e atuem no espírito de uma parceria global para melhorar a vida das pessoas, agora e no futuro. Os 17 Objetivos são congregados, indivisíveis e intercalam as três dimensões do desenvolvimento sustentável: a econômica, a social e a ambiental. De modo resumido, é uma lista de tarefas a serem cumpridas pelos governos, a sociedade civil, o setor privado e todos cidadãos na jornada coletiva para um 2030 sustentável.

Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

A Agenda 2030 e os ODS inauguram uma nova fase para o desenvolvimento dos países. O documento busca integrar por completo todos os componentes do desenvolvimento sustentável e engajar todos os países na construção do futuro que queremos. Conheça, abaixo, os 17 ODS presentes no documento da ONU:

1. Erradicação da Pobreza: acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares.

2. Fome Zero e Agricultura Sustentável: acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável.

3. Saúde e Bem-Estar: assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades.

4. Educação de Qualidade: assegurar a educação inclusiva e equitativa de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos.

5. Igualdade de Gênero: alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas.

6. Água Potável e Saneamento: assegurar a disponibilidade e a gestão sustentável da água e saneamento para todos.

7. Energia Acessível e Limpa: assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos

8. Trabalho Decente e Crescimento Econômico: promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, o emprego pleno e produtivo e o trabalho decente para todos.

9. Indústria, Inovação e Infraestrutura: construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação.

10. Redução da Desigualdades: reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles.

11. Cidades e Comunidades Sustentáveis: tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.

12. Consumo e Produção Responsáveis: assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis.

13. Ação Contra a Mudança Global do Clima: tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e seus impactos.

14. Vida na Água: conservar e promover o uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.

15. Vida Terrestre: proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda.

16. Paz, Justiça e Instituições Eficazes: promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.

17. Parcerias e Meios de Implementação: fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.

A Doare compactua com os objetivos da Agenda 2030 e reforça que a cultura de doação é um dos elementos fundamentais para a construção de uma consciência social baseada na coletividade e cuidado com o próximo. Trabalhar em conjunto – para resolver problemas sociais reais, como a distribuição de renda desigual, o desmatamento, educação e saúde de baixa qualidade e difícil acesso – é o que nos move. Façamos parte da mudança que tanto desejamos em nosso mundo.